segunda-feira, 11 de julho de 2011

Velhas Virgens, baby!



Rock and roll alcoólatra, safado e sem vergonha. Assim dá para definir o som das Velhas Virgens, banda paulista do bom e velho rock and roll bandido e tarado. Letras bem humoradas e guitarras pesadas sem muito nhem-nhem-nhem fazem parte da coleção de pérolas do grupo.

Descobri com Abre essas pernas, baita blues sem vergonha e original. Só o nome da banda já chama atenção. Depois, amei Minha vida rock and roll, Beijos de corpo e Essa tal de tequila. Em um dos meus aniversários, ganhei da minha amiga Cacá o CD Com a cabeça no lugar. Minhas preferidas do disco são Se Deus não quisesse, Enfia ni mim, Um homem lindo, Tô correndo e Quase famosos. Velhas Virgens faz lembrar minha amiga Rê. Velhas Virgens é muito massa.

Nenhum comentário: