quarta-feira, 18 de maio de 2011

Rage Against The Machine, Korn e Limp Biskit


Era porrada na orelha. O Rage é muito noventista. Acho que a primeira vez que ouvi foi no rádio mesmo, a mais clássica deles Killing In The Name (e única que conheço, pois rock pesado não é bem minha praia). Mas fui começar a curtir nos anos 2010’s, quando comece a ir ao Opinião com a Jéssica e ouvir a versão ao vivo das bandas covers do bar.



O Korn foi o queridinho da MTV durante uma ápoca, mais precisamente em 2001, quando a emissora passou a ter sinal lá em casa. Era muito louco, metal pesado e aquele vocalista insandecido. Não me apeguei muito, mas o som dos caras é respeitável.





Outro queridinho da MTV e das FM’s naquele ano foi o Limpbiskit, também noventista. A imagem do vocalista Fred Durst cantando My way com aquele boné vermelho vai ficar eternamente gravada em minha memória sempre que lembrar da MTV (que não assisto ultimamente). Todas essas bandas me passam meio batidas, mas tem o seu valor em um flashback, ou nas guitarras de bandas covers.












Nenhum comentário: