quarta-feira, 18 de maio de 2011

Lenny Kravitz

Na verdade, o cara não teve tanta influência na minha trilha sonora, mas foi protagonista de um fato curioso. Quando estava ali no fim dos 90’s e início dos 00’s, Mr. Kravitz lançou a pedra Again. E a música tinha uma batida bem marcada (tum-tum-pá, tum-tum-pá). Meu rário, na época, ficava junto com as caixas de som sobre a prateleira da parede.

Levantei o volume ao máximo ouvindo a música de Lenny e tudo tremia. As caixas, o som e a prateleira. Logo abaixo, o rack com a TV, o vídeo, essas coisas... Eis que, num segundo, a caixa tremeu, o parafuso da prateleira soltou, meu rádio veio ao chão por cima de TV, vídeo e cataplam!

Não fiz nada. Continuei sentada estática no sofá, vendo aquele terremoto sonoro. “Ca-ra-lho”, foi a única coisa que consegui pronunciar.

Levantei e tratei de desenrolar os fios e colocar tudo no lugar. Por sorte, nada foi danificado e eu entendi que aquele não era um bom lugar para um rádio. Até porque, é bem mais fácil mudar o rádio de lugar, do que baixar o volume para ouvir rock and roll.

Nenhum comentário: