segunda-feira, 14 de março de 2011

Graforreia Xilarmônica

 Por incrível que pareça, não conheci com Amigo Punk. Foi com A minha empregada e Bagaceiro Chinelão. Ah, e depois sim Amigo Punk. Foi novamente em uma fita K7 emprestada pelo meu primo Gui, cheia de rocks gaúchos - entre eles a clássica Chá de cogu, punk rock do Vórtex.
"Quando eu dei por mim
Já não sentia quase nada
Daquilo que eu sentia
Pela minha empregada..."
[A minha empregada - Graforreia Xilarmônica]
As letras do Frank Jorge ficam engraçadas por natureza. Mesmo as canções de amor ou as mais melancólicas tem uma pontinha de ironia. Também gosto muito do trabalho solo dele. E confesso que, às vezes, não tenho vontade de ouvir Amigo punk.

Nenhum comentário: